quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Obey x Dilla

De Downloads


Nas palavras de B+ :

"A foto utilizada na elaboração deste cartaz foi feita em 2003 em Detroit na casa / estúdio de Dilla. Eu tinha sido encomendado pela Stones Throw a fotografá-lo para o disco Jaylib. Eric Coleman e eu estavámos emocionados em dizer a ele sobre como havia muito amor para ele na cidade dos Anjos. (L.A)

Nós já haviamos encontrado Dilla várias vezes antes e ele sempre teve o mesmo comportamento, humilde e ligeiramente retirado.

Ele não estava totalmente feliz de ter a sua foto tirada mas era compreensível, pois a doença estava começando a causar estragos em seu corpo.

Dilla significou tanto para quem assistiu ao hiphop lentamente declinar enquanto os anos 90 se desgastavam.

Ele representava a alma (soul) a musicalidade e o jazz e na música. Suas batidas salvaram muitas vidas, e inspiraram a muitos,e ele transportou um peso pesado para o início do milénio.

Ele continuou a elevar a música quando muitos cairam para integrar as exigências de um "mainstream" só interessado em excesso, hiper-mercantilização e violência.

Durante todo o período de sua doença Dilla foi fortemente apoiado por sua mãe Maureen Yancey (carinhosamente chamada por ele de Ma Dukes). Ela era a sua enfermeira de 24 horas, ela pacientemente o assistiu enquanto ele programava batidas.

Ela ainda empurrou sua cadeira em um tour europeu no final de 05. Seu completo compromisso com ele era inspirador.

Ela também sofre de Lupus, a doença que o levou. No início de 09, soubemos que Ma Dukes doença havia começado a piorar. Ela estava lutando em Detroit e tinha atingido algumas dificuldades financeiras. Eu contatei Shep através de Ernesto para ver se ele estaria interessado em fazer algo para ela. Como sempre Shepeherd agiu com rapidez. As receitas provenientes desta venda irão para ela.

O que você vê aqui é uma única e grande colaboração dedicada a alguém que trouxe muita alegria e amor a muitas vidas. Vivam Dilla. Ma Dukes nós amamos você."

foda né, artistas que eu amo muito.

Muito respeito.

Espero que Ma Dukes melhore !